Unioeste e Receita Federal fortalecem relações entre instituições

Previous Next

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste e a Receita Federal fortalecem relações institucionais, em um momento em que o protagonismo da ciência e das universidades públicas, se tornou indispensável. 

São diversos projetos desenvolvidos e em desenvolvimento, através do auxilio das delegacias da Receita Federal na região oeste do Paraná, através da doação de mercadorias apreendidas. Segundo o auditor-fiscal da Receita Federal e delegado adjunto da Alfândega de Foz do Iguaçu, Hipólito Caplan, são em momentos como esse que a relação institucional se faz presente. "A Receita Federal é conhecida muitas vezes como uma cobradora de contas à quantidade que apreende mercadorias, e as atividades nem sempre simpáticas com a população.  Mas apresenta esse outro perfil que é a colaboração por meio de doações das mais variadas formas, podendo proporcionar o bem-estar da sociedade”, enfatiza Caplan. 

Os recentes projetos desenvolvidos pelo Laboratório Internet das Coisas (LAB-IoT), que funciona no Parque Tecnológico de Itaipu - PTI, contam com grande parceria e incentivo da Receita. Entre os projetos destaca-se a entrega de robôs de desinfecção hospitalar para os maiores hospitais da região: Hospital Municipal Padre Germano Lauck de Foz do Iguaçu, Hospital Ministro Costa Cavalcanti e Hospital Universitário do Oeste do Paraná.

Em contra partida, a Unioeste realiza testes rápidos da Covid-19 nos servidores da delegacia da Receita Federal em Cascavel, e também realizou a entrega de Face Shields, que foram desenvolvidos em impressoras 3D do Laboratório de Computação Gráfica e Processamento de Imagens, do campus de Foz do Iguaçu.

Segundo o reitor da Unioeste, Alexandre Webber, é importante destacar o trabalho realizado pelos laboratórios e parcerias como essa. “É momento das universidades, principalmente as públicas, estarem apresentando para a sociedade um pouco de tudo que é desenvolvido dentro dos laboratórios, e que muitas vezes ficam 'fechados' dentro da instituição. É importante para a Unioeste esta aliança com a Receita Federal, que é uma parceria de muito tempo”, conclui Alexandre.

Em recente visita nas delegacias da Receita Federal em Cascavel e Foz do Iguaçu, estiveram presentes também os professores Alex Sandro Jorge e Claudio Marquetto, o delegado da Alfândega da Receita Federal de Foz do Iguaçu, Paulo Bini e o delegado-chefe da Receita Federal de Cascavel, Felisberto Luiz Mioto.




Imprimir